Mulher trans é presa suspeita de participar na morte de outra trans, em João Pessoa

0
1183
Yasmin foi morta a facadas em JP

A Delegacia de Homicídios de João Pessoa cumpriu um mandado de prisão temporária contra uma mulher trans suspeitar na participação na morte de Yasmin Santos, também mulher trans, no bairro de Manaíra, em João Pessoa. Segundo a Polícia Civil, o mandado é temporário e durará 30 dias. A suspeita deverá passar pela audiência de custódia que decidirá sobre a manutenção ou relaxamento da prisão.

A Polícia Civil explicou que essa trans que foi presa é suspeita de ser a mandante do crime, já que áudios compartilhados pelo Whats aparecem ela ameaçando Yasmin.  A família da vítima também acusa a trans pelo crime.

O advogado da presa nega a participação dela no homicídio. Yasmin foi morta a facadas por um suposto cliente durante um programa sexual. A bolsa dela foi levada, mas jogada.

Comentários