Cadete é expulso da Polícia Militar da PB após suspeita de furto de R$ 172

0
845

Um cadete da Polícia Militar foi excluído da corporação após a suspeita do furto de R$ 172 de um colega do Curso de Formação de Oficiais. A decisão foi publicada na última quarta-feira (1º). O jovem de 24 anos responde pelo processo há um ano, mas o caso aconteceu em 2019, em João Pessoa.

“Pesa contra o cadete, em tela a acusação por prática do crime de furto qualificado, fato esse ocorrido na noite de 30 de outubro de 2019, quando foi subtraída a quantia de R$ 172 de um colega, quantia essa que estava guardada em seu armário, no alojamento destinado aos cadetes do 1 ano do CFO, e apurado no competente Inquérito Policial Militar, conforme referido valor foi encontrado, momentos depois da subtração, na posse do suspeito, inclusive com as cédulas ainda na mesma sequência que o colega havia colocado em seu armário.”, diz um trecho do documento.

De acordo com o diretor de Educação da PMPB, Coronel Ronildo, no processo administrativo foi cumprida ampla defesa e contraditório. “Ao final, a Comissão processante opinou pela exclusão, sendo acatado pelo comandante geral”, disse. A decisão cabe recurso.

O Ministério Público Militar também foi acionado e o jovem de 24 anos passará por julgamento na Vara da Justiça Militar.

Nessa quinta-feira (2), 51 novos aspirantes a oficial da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar participaram da solenidade de formatura de conclusão do curso de formação no Centro de Educação da Polícia Militar da Paraíba, em João Pessoa.

Com T5

Comentários