Procon autua empresa de telefonia por falha nos serviços na Paraíba

0
44

A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) autuou, nesta terça-feira (15) a operadora de telefonia Oi por suspensão do serviço sem prévia notificação. O problema começou na manhã desta terça, com os serviços de telefonia móvel, fixo e internet da empresa em João Pessoa parando de funcionar por várias horas.

 

A assessoria de comunicação da Oi informou que a empresa ainda não foi notificada sobre o problema e que não sabe informar o que pode ter ocasionado falha nos serviços.

 

Segundo o Procon-JP, a operadora tem um prazo de 10 dias para apresentar justificativa. De acordo com o secretário-adjunto do Procon-JP, Marcos Santos, a operadora é reincidente neste tipo de problema, por isso foi autuada. “Costumamos apenas notificar quando o problema ocorre pela primeira vez. No caso da Oi, que vive apresentando essa deficiência nos serviços, fomos direto para a autuação”, explicou.

 

A empresa sofre essa autuação no mesmo dia em que é lançado o Cadastro de Reclamações Fundamentadas 2015 do Procon-JP, onde aparece como a campeã de denúncias. Conforme a secretaria, a principal reclamação dos consumidres contra a Oi é a suspensão frequente dos serviços da empresa.
“Não há como fazer apenas a notificação educativa em uma empresa que vive apresentando o mesmo problema. Se observamos os números de reclamações que chegam ao Procon-JP, a empresa tem muito o que se explicar”, afirmou Marcos Santos.
Marcos Santos acrescenta que é obrigação da empresa avisar aos consumidores que os serviços serão interrompidos, “porque essa suspensão prejudica grande parte da população, que hoje usa a telefonia móvel e a internet em vários momentos do seu dia a dia, seja no trabalho, na escola, ou mesmo na rotina de casa e contatos pessoais”.

Comentários