Pela primeira vez Romero admite conversar com João Azevêdo e diz que não abre mão da defesa de Campina Grande

0
269

O ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, admitiu que irá conversar com o governador João Azevêdo (Cidadania). No entanto, segue sem definição. Informou ainda que continuará conversando com aliados e demais segmentos para embasar sua decisão. A declaração foi dada a imprensa, nesta sexta-feira (29), durante evento do lançamento do Natal Iluminado, no Teatro Severino Cabral.

Romero Rodrigues afirmou também que não abre mão dos princípios éticos e da defesa de Campina Grande em possível diálogo. Garantiu que vai continuar a conversar com a base política e que não é possível excluir ninguém, com obtido áudio pelo ClickPB. Além disso, também vai conversar com os segmentos industrial e religioso para embasar sua decisão.

“A gente vai continuar conversando nos próximos dias com todos, com humildade, com serenidade, sem arrogância, nem presunção para tentar chegar a um finalmente”, comentou, acrescentando ainda que, “se a decisão for no sentido de conversar com o governador, a gente vai conversar de forma franca e aberta, honesta, sem abrir mão do princípio de defesa e de reconquista das demandas que tenho em favor de Campina Grande”, frisou.

O ex-prefeito de Campina Grande comentou ainda possíveis pontos que aproximariam ele do governador da Paraíba a respeito do resgate da dívida do estado pela rainha da Borborema. Ele citou exemplos de ações como ações estruturantes, facilitar o atrativo de industrias para a cidade de Campina Grande.

Comentários