Acusados de assassinato de Paulo Teixeira de Carvalho vão a júri popular, em João Pessoa

0
194

A Justiça decidiu que o acusados de participação no assassinato do auditor fiscal Paulo Germano Teixeira de Carvalho vão a júri popular. O crime que ocorreu em junho de 2019, em uma granja do bairro de Paratibe, tem como principal suspeito o filho, Paulo Rodrigo Teixeira de Carvalho e outras duas pessoas.

O auditor fiscal aposentado foi morto durante a simulação de um assalto. Com o andamento das investigações, as autoridades chegaram ao filho da vítima, que seria o responsável pelo assassinato. Ele e os suspeitos estão detidos desde a época do crime na Penitenciária Desembargador Flóscolo da Nóbrega, o presídio do Roger, em João Pessoa.

com t5

 

Comentários