Prefeita de Conde diz que recebe com surpresa decisão que cassa seu mandato e que falha nas contas de campanha foi corrigida

0
25

A prefeita de Conde, Karla Pimentel, disse em nota que recebeu com surpresa e perplexidade a decisão da Justiça Eleitoral que cassou seu mandato e do seu vice. Ela também alegou que a falha apontada sobre as contas de campanha foi corrigida.

A Justiça Eleitoral decidiu cassar os mandatos da prefeita de Conde, Karla Pimentel, e do vice-prefeito, José Ronaldo Vieira Sales Júnior, mais conhecido como Dedé Sales. A decisão, a qual o ClickPB teve acesso, foi tomada na noite dessa quarta-feira (20). Com a decisão da juíza Lilian Frassinetti, a ex-prefeita Márcia Lucena deverá retomar o posto, já que foi a segunda colocada nas últimas eleições.

Em nota a qual o ClickPB teve acesso, Karla Pimentel disse que é “importante esclarecer a população que ela recebe essa informação com bastante surpresa e perplexidade, porém, com a consciência tranquila, uma vez que foi eleita de forma democrática, com amplo apoio da população, através de uma campanha limpa, onde obteve 6.794 votos, com uma diferença de mais de 1.000 votos para o segundo colocado e de quase 3.000 para o terceiro colocado.”

Ainda segundo a nota, “a decisão proferida, em primeira instância, pela Justiça Eleitoral, que não gera quaisquer efeitos imediatos, conforme jurisprudência pátria e uníssona, fundamentou-se em supostas falhas apresentadas na prestação de contas de campanha, referente a um valor de pouco mais de R$ 9.000 (nove mil reais), o qual já foi apresentado no respectivo processo de prestação de contas, com a devida retificação.”

Karla Pimentel finaliza a nota dizendo que está tomando “todas as providências cabíveis para que a verdade seja restabelecida, confiando que a Justiça Eleitoral do Estado da Paraíba, através de sua Egrégia Corte, fará uma análise minuciosa, como lhe é peculiar, e trará a segurança e normalidade política para a cidade de Conde.”

Cassação

A magistrada destacou que a saída da prefeita Karla Pimentel é imediata, mesmo havendo oportunidade da prefeita recorrer no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Karla foi eleita prefeita de Conde em 2020 com 6.794 votos, representando 40,94% do total. De acordo com a decisão, os diplomas de Karla Pimentel e do vice-prefeito foram cassados devido a violações das regras de contabilidade eleitoral.

A defesa de Karla Pimentel poderá recorrer da decisão para tentar reverter a cassação em outras instâncias. O ClickPB procurou a juíza Lilian Frassinetti, mas ela disse que não vai comentar sobre o caso.

Comentários