‘Passaporte da vacinação’: setor de bares e restaurantes da Paraíba aguarda regulamentação, mas espera ficar de fora da restrição

0
10

O setor de bares e restaurantes aguarda a regulamentação da lei do ‘passaporte da vacinação’. O presidente da Abrasel na Paraíba, Arthur Lira, comentou que espera que o govenador João Azevêdo retire a categoria da lista de serviços que vão exigir o comprovante de vacinação contra a Covid-19 do público.

O presidente da Abrasel considera que o ‘passaporte da vacinação’ é mais adequado ao setor de eventos. “Nós somos contrários a essa medida. Essa é uma medida propícia para a retomada dos eventos. Assim como no decreto do prefeito Cícero, ele pediu o ‘passaporte’ para a retomada dos eventos e dos estádios. Mas no setor de alimentação é até injusto. E como ficam os ônibus, bancos, supermercados? Por que os restaurantes? A gente tem 40% da população paraibana com a segunda dose. Ou seja, 60% da população paraibana não vai poder frequentar bares e restaurantes?”

Arthur Lira questiona para quem será a punição em caso de descumprimento das medidas. “É uma lei que já foi sancionada hoje pelo governador, mas é uma lei que necessita de regulamentação. Diz na própria lei. Não tem uma punição. A punição é para quem? A pessoa não pode entrar, e se infringir essa lei, qual é a punição? É a quem? É para o restaurante? A gente está no aguardo da regulamentação. Não vê com bons olhos essa medida.”

“Para uma possível retomada dos eventos é bacana, saber que está num evento de grande porte e que tem ali todo mundo vacinado. Mas para os nossos restaurantes não está legal e a gente espera que o governador retire o setor de bares e restaurantes dessa medida, dessa lei”, completou o presidente da Abrasel na Paraíba, em entrevista ao ClickPB.

Comentários