‘Sommelier de vacina’: Jane Panta oferece dose única para Cabo Gilberto antecipar retorno à ALPB

0
90

Desde o início da vacinação no Brasil, a Paraíba recebeu apenas 63.700 doses da Janssen e aplicou 44.800. O imunizante da Johnson, dose única, era o sonho de quem enfrentava a corrida pela imunização. Foi alvo de ameaças de gestores contra os chamados ‘sommelier de vacina’, afinal, todas têm sua eficácia assegurada pela Anvisa e quem escolher tem que ir para o fim da fila mesmo.

Pois bem. Foi a possibilidade de dose única que a deputada Jane Panta (Progressistas) ofereceu para convencer o deputado Cabo Gilberto (PSL) a se vacinar contra a Covid-19. O parlamentar tem 40 anos e já poderia estar plenamente imunizado e com direito legítimo para participar das sessões presenciais na Assembleia Legislativa da Paraíba, se tivesse seguido o calendário vacinal em João Pessoa, onde reside.

A sua recusa em se vacinar, inclusive, foi motivo queda de braço entre o Cabo e os demais parlamentares na ALPB, porque ele, ontem (05) e hoje (06) forçou a sua presença em plenário, mesmo sem estar vacinado. Prometeu que deve tomar a vacina, mas insiste em não dizer quando.

No afã de ajudar o colega de parlamento, Jane Panta se ofereceu para intermediar o processo. Disse que tem atuado na busca ativa de pessoas que, por qualquer motivo, ainda não tenham tomada a vacina e, foi além, assegurando que poderia conseguir um de dose única para acelerar o seu retorno à Casa. Soou estranho. O cidadão comum não pode escolher o imunizante que julgou ser o mais seguro. Como isso poderia ser feito?

Ao Conversa Política, a deputada explicou que se ofereceu para ir com ele à Secretaria de Estado da Saúde solicitar a sua dose. “Ele pode tomar qualquer vacina não nenhum impedimento desde que tenha dose disponível. Vacina é para todos aqueles que já atingiram a faixa etária do calendário vacinal. Vacina boa é vacina no braço não importa qual”, afirmou.

jORNAL DA pARAÍBA

Comentários