MPF vai apurar violação de medidas contra covid-19 no show de João Gomes na Baía da Traição

0
17

O Ministério Público Federal (MPF) afirmou que vai apurar eventuais denúncias de descumprimento de protocolos sanitários no show do cantor João Gomes, ocorrido na Aldeia São Miguel, localizada no município de Baía da Traição, na noite desta terça-feira (28). Em nota, o órgão disse que vai entrar em contato com a prefeitura e a Polícia Militar da Paraíba (PMPB) e, caso haja comprovação de irregularidades, irão tomar providências.

Segundo apurou o ClickPB, em uma reunião com o cacique geral Sandro Gomes Barbosa, secretaria de Saúde e Vilância Sanitária do município, o MPF estebeleceu que o evento só poderia ser autorizado com o cumprimento de regras como: 50% da capacidade do local (1.233 pessoas, ao todo), distanciamento de 1,5m, uso constante de máscaras e presença apenas de pessoas com esquema vacinal completo.

Pelas imagens divulgadas do show nas redes sociais, é visível que grande parte do público do evento não respeitou as determinações, gerando aglomeração de pessoas sem máscaras. Ainda de acordo com a nota, a fiscalização do cumprimento de todos os protocolos ficou a cargo da prefeitura que se encarregou, junto à organização do evento, de contratar 45 seguranças para ajudar na realização desse serviço.

O ClickPB tentou entrar em contato com a Prefeitura de Baía da Traição, mas até o momento da publicação não houve resposta. O caso – autorização e acompanhamento da festa na Baía da Traição – está sob responsabilidade do procurador da República José Godoy Bezerra de Souza, não sendo uma atuação do grupo de trabalho (GT) que trata das questões da pandemia desde março de 2020.

Comentários