Polícia investigará cabo da PM armado que fez ameaças a motoboy, em João Pessoa

0
46

O homem flagrado com uma arma  e fazendo ameaças no protesto dos motoboys na noite dessa terça-feira (21), em Manaíra, foi identificado como sendo um cabo da Polícia Militar, lotado no 1º Batalhão.

De acordo com o major Luiz Antônio, comandante do BEPMotos, o PM seguia no carro com a esposa e a filha recém nascida e se deparou com a manifestação.

Ele disse que não sabia da manifestação e imaginou tratar-se de uma emboscada. Todo o relato foi passado à Corregedoria e foi feito o devido registro da ocorrência junto à delegacia.

Já o corregedor da PM, coronel Gerônimo disse que ainda hoje receberá o relatório para analisar e determinar as providências a serem tomadas. Ele se colocou à disposição para receber também os motoboys envolvidos e reiterou que a situação foi contornada no local com ambas as partes se dando por satisfeitas.

O motoboy Jarbas Antônio, que discutiu com o cabo, disse que estava na manifestação quando o policial apareceu agressivo, já com a arma na mão. Ele agradeceu o fato de policiais do BEPMotos aparecerem na hora para conter a situação.

Jarbas afirmou que pretende representar contra o cabo e que o objetivo da manifestação era apenas cobrar a prisão do acusado de matar o motoboy Kelton Marques.

Com Mais PB

Comentários