Juíza derruba sigilo do caso Kelton Marques: “não tem razão para cautela sigilosa”

0
1356

 

A juíza Francilucy Rejane de Sousa Mota, da 2ª Vara do Tribunal do Júri de João Pessoa, derrubou o sigilo do processo sobre o caso Kelton Marques, motoboy morto no último sábado (11) durante um acidente no Retão de Manaíra, em João Pessoa.

“Considerando que já foi publicizado em vários meios de comunicação o decreto de prisão do réu, não existindo razão para que a cautelar permaneça sigilosa”, escreveu a magistrada. O empresário Ruan Ferreira, o suspeito de atropelar o motoboy, teve a prisão preventiva decretada no último domingo (12), mas segue foragido.

 

Comentários