Suspeito de matar Anielly já está em cela do Presídio PB1, em João Pessoa, confirma diretor

0
1144

Já está na cela do reconhecimento da Penitenciária de Segurança Máxima Doutor Romeu Gonçalves de Abrantes, mais conhecida como PB1, em João Pessoa, José Alex, apontado pela Polícia Civil da Paraíba como suspeito de matar a garota Anielly Ferreira, 11 anos, achada morta na quarta (8) na mata da Av. Epitácio Pessoa, no bairro do Miramar, em João Pessoa.

A transferência dele ocorreu na noite dessa quinta-feira (9), por determinação da juíza Andreia  durante a audiência de custódia. Ao IG do Hyldinho, o diretor da unidade prisional, Leonardo Novais, informou que Alex ficará dez dias sozinho no reconhecimento e depois deverá seguir para um dos pavilhões do presídio.

A menina desapareceu  de um quiosque na orla do Cabo Branco, na capital, na madrugada do domingo (5) e achada morta dias depois seminua. O corpo dela foi enterrado ontem (9) no cemitério de Cruz das Armas, na capital.

Comentários