Em Pernambuco, Bolsonaro pede “enquadramento” de ministros do STF

0
22

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido)  pediu, neste sábado (4), o enquadramento de ministros do  Supremo Tribunal Federal (STF) que, segundo ele, “estaria jogando fora das quatro linhas”.

Em discurso em Caruaru, parada final de uma motociata que iniciou em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco, o chefe  do Poder Executivo Nacional centrou sua fala no STF e disse que, assim como nos outros Poderes (Executivo e Legislativo), integrantes do órgão do Poder Judiciário também deverão responder pelos seus atos.

“O nosso STF, não pode ser diferente do Poder Executivo ou Legislativo. E lá tem alguém que ousa continuar agindo fora das quatro linhas da Constituição. Aquele poder tem que chamar essa pessoa e enquadrá-lo  e lembrar que ele fez o  juramento de cumprir a Constituição. E assim não ocorreu”, desabafou.

O presidente disse que ele e o povo não desejam  “ruptura”  entre os Poderes mas a responsabilidade cabe ao Judiciário. Antes, Bolsonaro disse que o “poder moderador” é o povo brasileiro.

 

Comentários