Justiça concede liberdade a presidente de ONG de Bayeux, presa em operação que investiga irregularidades na entrega de cestas básicas

0
15

O juiz da 1ª Vara da Comarca Bayeux, Márcio Galdino, concedeu liberdade à presidente da ONG Aliança de Bayeux, Célia Domiciano, no início da tarde desta quinta-feira (03). Ela foi presa em flagrante, no dia de ontem, após ser suspeita de cometer irregularidades na distribuição de cartões e cestas básicas, no município de Bayeux, na Região Metropolitana de João Pessoa.

Para os advogados Alberdan Coelho, Aécio Farias e Iarley Maia, Célia Domiciano não teria cometido qualquer crime. Além disso, frisou que ela faz um trabalho na cidade há anos. “Sempre distribuiu em Bayeux e em diversos municípios da Paraíba os cartões pré-pagos, entretanto, por ter recebido informações de que algumas pessoas especificamente do bairro Mário Andreazza, estavam usando indevidamente o cartão, optou por adquirir cestas básicas nos mesmos valores e entregar a população”, disse.

A prisão aconteceu no dia de ontem, durante operação realizada pela Delegacia de Combate à Corrupção, como apurou o ClickPB. De acordo com o delegado Allan Terruel, responsável pelas investigações, a ONG Gerando Falcões, de São Paulo, que concedia o valor creditado nos cartões para entregar a população carente, não sabia que a ONG de Bayeux estava substituindo os cartões por cestas básicas. A denúncia teria partido da organização não governamental paulista.

 

Comentários