Bolsonaro exonera pastor paraibano Sérgio Queiroz da secretaria especial da presidência

0
53

O presidente Jair Bolsonaro exonerou nesta terça-feira (17) o pastor paraibano Sérgio Queiroz do cargo de Secretário Especial de Modernização do Estado da Secretaria-Geral da Presidência da República. Ele estava no Governo Federal desde 2019 e pediu afastamento para se dedicar à finalização do pós-doutorado.

No seu lugar, foi nomeado o coronel Eduardo Gomes da Silva, ex-assessor especial do ministro Luiz Eduardo Ramos, quando ele ainda estava na Casa Civil. O militar aparece em uma live de Bolsonaro no dia 29 de julho, quando foi apresentado como “analista de inteligência” e propagou ataques sem provas contras as urnas eletrônicas.

Gomes está no governo Bolsonaro desde de 2020. Foi nomeado para a Secretaria Especial Adjunta da Secretaria Especial de Relações Institucionais em 5 de março de 2020, pelo então ministro da Casa Civil, Walter Braga Netto.

Comentários