Raoni Mendes denuncia a falta material básico em escolas da Capital

0
3

Em seu pronunciamento na sessão ordinária desta terça-feira (29), na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), o vereador Raoni Mendes (DEM) apontou mais resultados das fiscalizações que tem realizado em escolas públicas da Capital paraibana. Segundo o oposicionista, através do projeto “Raio X das Escolas”, sua equipe continua constatando a precariedade no funcionamento desses equipamentos e a falta de materiais básicos para execução das atividades.

“Já chegamos ao número de 54 escolas visitadas, do total de 95 unidades educacionais do Município. Recentemente, visitamos duas escolas no bairro do Grotão. Na Escola Pedra do Reino, encontramos diretores, servidores e professores que, durante o período de recesso, pediram material para eles mesmos pintarem a escola. Tal atitude é digna de aplausos, mas é de se lamentar que o Poder Público não consiga fazer o básico”, criticou.

Raoni Mendes também citou que, na Escola Tharcila Barbosa da Franca, na mesma localidade, os trabalhadores tiveram que comprar produtos de limpeza, papel higiênico e até mesmo papel sulfite, contando com a ajuda dos pais dos alunos nesse sentido durante meses.

“Materiais básicos não estão sendo ofertados em diversas unidades. A educação retrocedeu em todos os aspectos nessa gestão; o marketing é muito mais forte do que as ações efetivamente realizadas. Até mesmo na conservação dos prédios, são escolhidos aqueles mais novos e em áreas estratégicas, visíveis para a população, enquanto as escolas mais antigas são esquecidas, ficam sem pintura há anos”, alertou o democrata.

Em aparte, o vereador Zezinho Botafogo (PSB) relatou que muitas pessoas têm reclamado do sucateamento de escolas e equipamentos públicos na Capital paraibana. O líder oposicionista Renato Martins (PSB), por sua vez, elogiou a iniciativa de Raoni Mendes: “Vossa Excelência faz um trabalho muito relevante, apontando a verdade e mostrando, através de relatórios e dados bastante específicos, a precarização da educação na nossa cidade”.

Já os situacionistas Bira (PSD) e Marco Antônio (PHS) afirmaram que há uma tentativa de desqualificar as ações do prefeito Luciano Cartaxo (PSD). “Incomoda muito que o prefeito tem feito, o que ninguém nunca fez”, argumentou o líder governista Marco Antônio.

Fonte: CMPJ

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor preencha seu nome