Raniery lembra que Trocolli já deixou PMDB três vezes e minimiza debandada

0
2

O deputado estadual Raniery Paulino (PMDB), comentou em entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação nesta terça-feira (22), que não vai acompanhar os companheiros e deixar o partido e minimizou perdas de prefeitos e lideranças no interior: ‘nem considero perda’.

“Não me imagino em outro partido, tive uma história de militância no PMDB, agora fui convocado para um ponto da mais alta confiança que é o conselho de ética da nacional. Estou colhendo bons frutos”, afirmou negando que também vá sair do partido.

Raniery acredita que o partido fica diminuído com a saída de Gervásio Maia e Trócolli Júnior, porém lembrou que esta é a terceira vez que Trócolli deixa o partido e que o PMDB continua de portas abertas para o parlamentar.

Ele afirmou que também já falou para Gervásio que um dia vão se reencontrar e acrescenta que não pode dizer que não foram grandes perdas, porém que o PMDB iniciou a legislação com quatro deputados e vai terminar maior, sugerindo filiações.

Já sobre os prefeitos, vereadores e lideranças que acompanharam Gervásio, Raniery citou como exemplo a prefeita de Sertãozinho, lembrando que ela votou em Cássio na eleição passada. “Gervásio foi engajado na campanha do PMDB, outras que não houve engajamento em 2014 não sei se é perda numérica o de substância.

A eleição de 2014 foi um divisor de águas, quem votou com o PMDB e deixou partido considero grande perda, quem não foi , foi mais numérica”, disse.

Portal Paraíba

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor preencha seu nome