PB tem queda de 1,3% na taxa de homicídios entre 2013 e 2014

0
3

Paraíba apresentou uma redução de 1,3% na taxa de homicídios do ano de 2013 para 2014. Porém, no acumulado de 10 anos, a taxa mais que dobrou. O aumento foi de 114,4%. Os dados são do Atlas da Violência 2016, divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) nesta terça-feira (22).

A taxa de homicídios por 100 mil habitantes foi de 39,1 em 2014, a 9ª maior do país e a 5ª entre os estados do Nordeste, e de 18,2 em 2004. Em 2013, o indicador ficou em 39,6. A maior taxa dos últimos 10 anos foi registrada em 2011, de 42 a cada 100 mil habitantes, quando foram contabilizados 1.619 homicídios. Se comparando a evolução de 2010 para 2014, o aumento foi de 2,5%.

Em relação ao número absoluto de homicídios, que foi de 1.542 em 2014, a queda registrada em relação ao ano anterior foi de 0,5%. Levando em consideração o acumulado de 10 anos, foi observado um aumento de 134%.

A microrregião de João Pessoa, composta por Bayeux, Santa Rita, Cabedelo, Conde, Lucena e própria capital paraibana, foi elencada como a 15ª mais violenta do país, levando em consideração a taxa de homicídios por 100 mil habitantes. A taxa registrada foi de 64,1.

Outro destaque negativo foi a microrregião de Cajazeiras, no Sertão paraibano, que tem uma população de 174.671 habitantes e teve o 4º maior aumento na taxa de homicídio entre 2004 e 2014 do país, de 771,23%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor preencha seu nome