29/12/2015 às 19h00
avaliação

RC destaca 110 obras inauguradas junto a Suplan: “O maior empregador público em JP e CG é o Estado”

Prestes a concluir o quinto ano de mandato a frente do Governo do Estado, o governador Ricardo Coutinho (PSB) concedeu entrevista nesta terça, 29, e destacou os ajustes praticados por sua equipe econômica nas contas públicas, onde mesmo com um cenário de crise, por conta do crime de instabilidade política e a consequente queda dos repasses por parte do Governo Federal. Em sua fala, Ricardo destacou a junção de duas praticas para garantir o funcionamento da cadeia produtiva na Paraíba: o andamento das obras em todas as regiões e o respeito ao funcionalismo público.
“São 110 obras inauguradas na Suplan apenas em 2015, num total de R$300 mi pagos pela Suplan, mais cinco obras pagas e inauguradas no DER (Departamento de Estradas e Rodagem) somando R$190 mi, imagine”, contou.

O governador salientou que está fazendo o dever de casa a contento,

“Não é simplesmente pagar a folha e pronto! Por que se eu fosse parar todas as obras eu pagaria a folha, o estrago com os desempregados que ficaram nas obras que ficaram para traz no Estado seria terrível.

Segundo o socialista, o Estado tem um papel preponderante para garantir milhares de empregos aos paraibanos, uma vez que outros Estados se quer estão conseguindo pagar a folha em dia, chegando a parcelar o 13 salário.

“O maior empregador público em JP e CG é o Estado, se você pegar aqui em João Pessoa é o Estado, que gerou a maior quantidade de empregos em obras públicas, em relação até o próprio município”, frisou, alertando que:“São coisas que para mim são essenciais, agora não posso simplesmente prever, se a dificuldade aumenta, cabe a mim dizer ao povo e as pessoas: esta aumentando a dificuldade”

EDUCAÇÃO: Coutinho fez um balanço positivo das ações de sua gestão na Educação, destacou que, em 2015, foram realizadas obras em 60 escolas da rede estadual de ensino, com investimentos de mais de R$ 105 milhões. E ainda enfatizou o papel das Escolas Cidadãs Integrais Técnicas Estaduais da Paraíba e das Escolas Profissionais Técnicas.

“Elas vêm para dar aos estudantes um projeto de vida. Estamos melhorando a estrutura das escolas, que são o presente e o futuro desses alunos. As escolas técnicas promovem a profissionalização para que eles tenham condições de qualificar o aprendizado que estão recebendo,” pontuou. PB Agora.

Comentários

Recomendado para você