22/12/2015 às 19h39
VÍDEO

Chico Buarque bate boca na rua e defende PT

Chico Buarque, que circula sempre pelas ruas do Leblon, bairro onde mora, no Rio, foi provocado por conta de seu ativismo político em favor do PT. O músico, que saía de um jantar na rua Dias Ferreira, foi cercado por uma turma de jovens entre 20 e 30 anos, que incluía o filho de Alvaro Garnero, empresário paulista.  A discussão ocorreu na segunda-feira à noite.

E começou um bate boca. “Petista, vá morar em Paris. O PT é bandido”, escutou Chico, que, ao se defender, disse que a posição do grupo era influenciada por veículos de comunicação e retrucou: “Eu acho que o PSDB é bandido”.

A discussão, na porta do restaurante Sushi Leblon, um dos mais concorridos da região, tomou conta da rua. Chico manteve o tom de voz controlado e, apesar da alta temperatura, tudo rolou dentro da mínima civilidade.