20/05/2015 às 19h34
Credibilidade em alta

Joaquim Barbosa de olho na presidência?

Ministro Joaquim Barbosa, relator da Ação Penal (AP) 470, em sessão que os ministros votam para concluir análise do item VII. Foto: Nelson Jr/SCO/STF (17/10/2012)

Em sua coluna Radar, da Revista Veja, Lauro Jardim contou que acompanhou uma palestra do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa.

Durante a palestra uma das perguntas que foram feitas para ele é se ele poderia ser candidato a presidente em 2018.

A resposta de Joaquim foi, pela primeira vez, aberta.

– Tornar-se um presidente seria a honra suprema, mas acho que antes preciso ter essa vontade. Até agora não tive. Isso não quer dizer que daqui a alguns anos eu não possa vir a ter.

Veja a matéria do Radar

O tempo passa, o tempo voa e o prestígio de Joaquim Barbosa continua inalterado.

Barbosa terminou agora há pouco uma palestra na da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), em São Paulo, onde falou sobre a ética nos negócios.

Foi uma chuva de palmas quando seu nome foi anunciado. E tome de aplausos ao final da última pergunta da plateia a que respondeu.

O tema é recorrente: a possibilidade de virar candidato em 2018. Mas Barbosa, desta vez, ao menos admitiu a possibilidade, algo que não é do seu estilo.

– O senhor vai nos dar o privilégio de ser o presidente da República em 2018?

Respondeu Barbosa:

Comentários