07/12/2015 às 17h58
CRISE

Luciano Cartaxo anuncia cortes em shows do “Extremo Cultural”

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), confirmou nesta segunda-feira (7) a suspensão do projeto Extremo Cultural. O gestor justificou que a decisão se deu por conta da necessidade de corte de gastos.

“Estamos num ano difícil, de dificuldade financeira e 2016 tende a ser pior. Temos que trabalhar com prioridade, entregar PSFs, escolas, UPAs, praças, habitações. Sem dúvida, temos que eleger prioridades que é entregar obras. Vamos continuar nesse ritmo e pagando os servidores em dia”, esclareceu.

Ele falou também que a meta é reduzir em até R$ 70 milhões no próximo ano, como fez em 2015.

“Vamos fazer um balanço para 2016 até o fim deste ano. Após o dia 18, faremos um balanço do que vamos reduzir em custos, já temos algumas leituras, se serão necessários novos cortes, entre R$ 60 e R$ 70 milhões. Vamos garantir o funcionamento da máquina administrativa de João Pessoa, vamos manter a mesma receita que deu certo em 2-15 para garantir o funcionamento da gestão”, destacou.

Cartaxo ainda garantiu a realização da festa de réveillon.

Comentários

Recomendado para você