07/12/2015 às 08h02
SERTÃO

Desvio de quase R$ 600 mil da Prefeitura de Vieirópolis pode terminar em prisão

A investigação sobre o desaparecimento de aproximadamente R$ 600 mil dos cofres públicos da prefeitura de Vieirópolis avança.

Há um pedido de prisão preventiva em avaliação feita pelos advogados do Prefeito junto ao Ministério Público contra o ex-secretário de Finanças, Francisco Lindovan que teria confessado o desvio dos recursos, após descoberta via contabilidade que pagamentos aos fornecedores eram feitos, mas o dinheiro era transferido para contas bancarias de parentes do ex-secretário de finanças que depois sacava os valores.

Fontes ligadas ao prefeito Antônio de Braga revelaram que ele ficou irresoluto após tomar conhecimento do assunto, e terminou imediatamente uma investigação que após o seu terminou deverá procurar a imprensa para falar e detalhar sobre o desvio de recursos da prefeitura de Vieirópolis, ainda nesta semana que entra.

Há possibilidade de o Ministério Público acatar pedido de prisão preventiva feito pelo advogado, Lincoln Abrantes contra o ex-secretário.

Com Folha do Sertão

Comentários

Recomendado para você