01/12/2015 às 15h05
2016

Cássio exclui aliados da chapa de Romero e defende manutenção de Ronaldinho

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) criou certo constrangimento com a base aliada em Campina Grande ao defende a manutenção do irmão, Ronaldo Filho, na vaga de vice do prefeito Romero Rodrigues em Campina Grande.

“Eu vou pela máxima que diz que em time que está ganhando não se mexe e vamos defender a manutenção da chapa Romero Rodrigues e Ronaldo Cunha Lima Filho”, apontou o senador.

Essa declaração caiu como uma bomba no colo de vários políticos que sonham com a quebra, em 2016, da chapa puro sangue que elegeu Romero em 2012 para governar Campina.

Uma das maiores prejudicadas pode ser Ivonete Ludgério (PSD) que era uma das cotadas para ocupar o lugar de Ronaldinho e abrir espaço para uma nova legenda comandar a cidade, em caso de licença do titular. Ivonete é vereadora da base governista na Câmara e esposa do deputado campeão de votos em 2014, Manoel Ludgério (PSD).

O reforço do PSD à chapa poderia alavancar mais votos que talvez uma chapa puro sangue. No entanto, membros do próprio PSDB também pleiteiam essa vaga de Ronaldinho, como o deputado Tovar Correia Lima (PSDB).

Comentários

Recomendado para você