26/11/2015 às 12h05
DELCÍDIO

Senadores paraibanos votam pela permanência de senador na prisão

Os senadores José Maranhão (PMDB), Raimundo Lira (PMDB) e Cássio Cunha Lima (PSDB) votaram pela manutenção da prisão do senador Delcidio do Amaral (PT-MS) durante votação aberta ontem no plenário do Senado. Por 59 votos a 13, o Senado manteve decisão do Supremo Tribunal Federal pela prisão cautelar do senador petista acusado de obstrução da Justiça nas investigações da Lava Jato.

Apesar de o PT ter recomendado voto não à sua bancada, dois senadores não seguiram o desejado pela legenda: Paulo Paim (RS) e Walter Pinheiro (BA) votaram sim, concordando com a decisão da suprema corte. Houve apenas uma abstenção, de Edison Lobão (PMDB-MA), que também é investigado pela Operação Lava Jato no âmbito do Supremo.

Para o senador José Maranhão, “apesar da constante cordialidade de Delcidio e do quão é difícil decidir contra os pares, quando somos postos na condição de Juiz temos que julgar de maneira correta, independente e o certo é referendar a decisão da Suprema Corte, que certamente também assegurará o direito de defesa do Senador”.

Comentários