24/11/2015 às 13h29
HOMENAGEM

Políticos gravam vídeos cantando para Dilma

Uma brincadeira política em apoio à presidente Dilma Rousseff (PT) está viralizando na internet. Políticos aliados e eleitores da petista estão gravando vídeos onde cantam uma música em homenagem à petista como forma de demonstrar seu apoio. O desafio começou com a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB), que convidou a também deputada Luciana Santos (PCdoB), que, por sua vez, desafiou o ex-prefeito do Recife, ex-deputado federal e atual superintendente da Sudene, João Paulo (PT).

Feghali cantou o samba “Envergo, mas não quebro”. Luciana Santos, por sua vez, dedicou “Madeira que Cumpim Não Roi”, de Capiba. A música é usada pelo PSB em atos eleitorais. O partido, que detém o governo do Estado e a Prefeitura do Recife, é opositor ao PT. E pode se tornar, também, opositor em Olinda, onde a legenda pode lançar candidato contra o PCdoB. Um dos nomes cotados para disputa na cidade, inclusive, é o de Luciana Santos.

Capiba também foi o compositor escolhido pelo superintendente da Sudene, João Paulo. De sombrinha de frevo em punho, o petista cantou e dançou “Cala a Boca Menino”. O deputado federal Chico Lopes (PcdoB-CE) também aceitou o desafio e cantou uma marchina de Carnaval que diz “Daqui não saio / Daqui ninguém me tira”, uma clara resposta aos pedidos de impeachment contra a presidente.

CONTRÁRIOS

A brincadeira, que era para render apoio à presidente, acabou tendo, também, um resultado contrário. Procurando ocorrências com a hastag #musicaparadilma no Facebook, pode-se encontrar vários vídeos com músicas relacionadas à crise econômica e política e aos escândalos da Petrobras. Também há postagens com vídeos com músicas de baixo calão.

Comentários