17/11/2015 às 16h36
MUDANÇAS

Cartaxo anuncia mudanças no secretariado e reforça perfil técnico em JP

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, anunciou, nesta terça-feira (17), a médica Aleuda Nágila de Sá Cardoso como a nova secretária da Saúde do Município, e o advogado especialista em Direito Financeiro, Sérgio Barbosa, como o novo secretário de Finanças da Capital. As mudanças, segundo o prefeito, são naturais e ocorrem para fortalecer ainda mais a equipe que tem trabalhado de forma exitosa para atender aos anseios da população.

De acordo com o prefeito, os dois gestores, de perfil técnico, irão atuar em áreas estratégicas, preservando os resultados já alcançados nos últimos três anos. “Tratam-se de ajustes pontuais, que reforçam a qualificação dos serviços ofertados à população mesmo diante do cenário de dificuldades que estados e municípios do país atravessam”, disse.

Aleuda Nágila de Sá Cardoso é formada em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), e é especialista em Saúde da Família, pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). “Temos que entender que a Saúde é uma necessidade básica do cidadão e temos que fazer isso de forma integral desde a prevenção, a cura e até o retorno para a família”, disse.

Ela assume o cargo em substituição a Mônica Rocha, que há um ano e três meses esteve à frente da Secretaria Municipal de Saúde. “Vamos contribuir ainda mais com essa gestão que já é exitosa e merecedora de várias conquistas”, completou. Aleuda Nágila deixa a diretoria-geral do Hospital Santa Isabel, referência em Cardiologia no Estado.

Para a Secretaria de Finanças, Luciano Cartaxo indicou o advogado Sérgio Barbosa, que já participou da Gestão como Controlador-geral do Município. “Quero levar a experiência que adquiri nos últimos três anos como Controlador-geral e trabalhar em equipe para seguirmos mantendo o ritmo de controle e de execução orçamentária da Capital”, completou. Bruno Sintônio deixa a Secretaria de Finanças e assume o cargo de secretário adjunto da Administração do município.

Comentários