16/11/2015 às 09h54
TERROR

Belga pode ser o mentor de atentados em Paris

A woman pays tribute to victims at Place de la Republique after the deadly attacks in Paris, November 16, 2015. REUTERS/Jacky Naegelen

Um cidadão belga, que está atualmente na Síria, é suspeito de estar por trás dos ataques terroristas em Paris, de acordo com uma fonte próxima à investigação francesa.

“Ele aparenta ser o cérebro por trás de diversos ataques planejados na Europa”, disse a fonte à Reuters, acrescentando que o homem, Abdelhamid Abaaoud, é o principal suspeito de estar por trás do assassinato de pelo menos 129 pessoas na última sexta-feira (13).

De acordo com a rádio RTL, Abaaoud tem 27 anos e nasceu em Molenbeek, subúrbio de Bruxelas, lar de outros membros de uma célula de militantes islâmicos que supostamente realizou o ataque.

A polícia francesa já identificou sete dos oito suspeitos de terem cometido os atentados. O único que não foi identificado é um dos extremistas que se explodiu nas imediações do Stade de France.

Todos, com exceção de um, que está foragido, morreram nos ataques.

Comentários