09/11/2015 às 15h24
ALERTA

Governo do Estado intensifica fiscalização no rio Paraíba

Com o objetivo de garantir o abastecimento de nove municípios, o Governo do Estado intensificou a fiscalização no rio Paraíba. É que por conta da estiagem, a Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba – AESA) publicou, no último dia 30, uma resolução suspendendo a retirada de água para irrigação, criação de peixes e camarão no trecho que vai do açude Argemiro Figueiredo (Acauã), em Itatuba, até a cidade de Itabaiana.

A resolução foi publica em função do nível da barragem Acauã, que está com apenas 14,9% do volume atual, o equivalente a menos de 37 milhões de metros cúbicos. “Além de suspender temporariamente as outorgas para irrigação e dobrar a fiscalização, nós estamos realizando um trabalho de desobstrução da calha do rio em parceira com as prefeituras para garantir que água chegue até Itabaiana”, informou o presidente da Aesa, João Fernandes.

As fiscalizações acontecem diariamente, inclusive nos finais de semana. Também estão programadas ronda noturnas com apoio da Polícia Ambiental. “Quem desrespeitar a resolução vai ter a bomba hidráulica lacrada e, dependendo da situação, ela pode ser até mesmo apreendida” alertou João Fernandes, acrescentando que três equipamentos foram lacrados e um apreendido.

Popularmente conhecido por Acauã, o reservatório Argemiro Figueiredo abastece os municípios de Itabaiana, Pilar, Juripiranga, São José dos Ramos, Boqueirão de Gurinhém, Salgado de São Félix, Mogeiro, Aroeiras, Gado Bravo e o distrito Novo Pedro Velho.

Comentários

Recomendado para você