02/11/2015 às 15h12
NO SERTÃO

Secretário afirma que bandidos na Paraíba vencem pela “ousadia”

Os resultados positivos alcançados pelo Governo da Paraíba na luta contra a criminalidade surgem de forma gradativa, como em uma escalada inversa à escalada da violência. Só assim é possível anular pouco a pouco esse crescimento e manter a população confiante nas ações da Segurança Pública.

O pensamento acima é do secretário estadual de Comunicação Luiz Torres. Apesar de admitir que a violência na Paraíba tem provocado um clima de insegurança na população – “Ninguém aqui vai fazer maquiagem nem retórica barata” -, ele afirmou à TV Diário do Sertão que os esforços do governo em combatê-la faz com que o povo ainda confie no Estado ao invés de ter raiva dele.

Para Luiz Torres, a situação só é caótica quando as pessoas demonstram mais ira contra o Estado do que contra o bandido. “A questão da violência é um desafio. Agora, o que o governo tem conseguido é fazer com que os paraibanos entendam o esforço da Segurança Púbica, fazendo com que esse estado tenha saído, ao longo desses quatro anos, de patamares maiores de incidência da criminalidade e ir caindo. A escalada do crime se combate com a escalada de esforço da Segurança Pública”, disse.

De acordo com o jornalista, a Paraíba é um dos estados do Brasil cujo governo mais tem investido na segurança pública, equipando policiais. A prova disso, segundo ele, é que não se vê na Paraíba grandes movimentações de protestos das polícias.

Na opinião de Luiz Torres, há uma consciência na população paraibana de que os bandidos aterrorizam a sociedade por causa da audácia deles e não pela falta de ação das polícias. “O que cabe ao Estado é garantir os equipamentos de segurança pública e capacidade de trabalho. O Estado está fazendo a sua parte, as polícias reconhecem isso e estão nas ruas combatendo o crime. O que a gente tem visto é que já há por parte da população a compreensão de que há uma ousadia dos criminosos, apesar de todos os esforços que tem sido feitos pela segurança.”

Assista à entrevista de Luiz Torres na TV Diário do Sertão:

Diário do Sertão

Comentários