26/10/2015 às 17h52 • atualizado em 27/10/2015 às 16h55
PSB

Em tom de campanha, João Azevedo revela planos para João Pessoa

O secretário Estadual dos Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia, João Azevêdo, teve sua pré-candidatura oficializada pelo PSB na manhã desta segunda-feira (26) para prefeito de João Pessoa, em 2016. Após a divulgação da resolução aprovada pela legenda, ele apontou os principais problemas da Capital, e destacou a necessidade de ouvir e atender as demandas da população.

“São vários problemas, além das políticas públicas de saúde, de educação e políticas públicas dos segmentos que compõem toda a sociedade. Nós temos essa visão e, para isso, é importante resgatar alguns instrumentos como na época do então prefeito Ricardo Coutinho, onde implantou-se o Orçamento Democrático. É preciso resgatar essa possibilidade de participação efetiva da população”, disse o socialista.

Para João Azevêdo, é preciso uma série de intervenções na Capital para recuperar o crescimento da cidade. “João Pessoa precisa de uma série de intervenções, principalmente no que eu gosto de chamar de ligações interbairros, onde você precisa criar uma série de alternativas para que a população possa sair dos grandes corredores”, observou.

Ele lembrou que inúmeros bairros precisam de ligações diretas para que o cidadão não se sinta obrigado a ter que ir para as principais avenidas, como Epitácio Pessoa, Ruy Carneiro e Beira Rio. “É importante priorizar o cidadão e criar projetos que os priorizem, com sistemas de transporte inteligente para reduzir o número de veículos e priorizar o transporte coletivo. Quando eu falo em planejamento urbano, falo sobre tudo isso”, declarou o secretário.

João Azevêdo destacou que o importante não é a sua candidatura, mas o projeto de gestão do PSB para João Pessoa. “Mais do que um nome, o que está sendo apresentado a população de João Pessoa é um projeto, é uma forma de gestão, uma forma de administrar essa cidade, quando essa cidade sabia separar o que era público do que era privado, quando essa cidade tinha autoestima elevada porque tinhas obras estruturantes. O importante é o projeto e o compromisso de que essa cidade volte a se destacar”, afirmou o pré-candidato.

com ParaíbaJá

Comentários