26/10/2015 às 10h44
2016

PSB oficializa pré-candidatura de João Azevedo em João Pessoa

A direção municipal do PSB oficializou, através de nota, a pré-candidatura do secretário João Azevedo a prefeitura de João Pessoa. Na resolução, o PSB critica a administração do prefeito Luciano Cartaxo.

Confira íntegra.

RESOLUÇÃO

A Executiva Municipal do PSB, reunida no dia 19 de outubro de 2015, após ouvir todos os integrantes partidários presentes à reunião, com base nos termos do nosso Estatuto, em nome da preservação e aprofundamento de um projeto de políticas públicas que tem transformado a Paraíba e, especialmente, nossa capital, e considerando:

Que a atual situação econômica e política nacional exige, cada vez mais, um modelo de comportamento político e administrativo responsável, eficiente e desenvolvimentista, plenamente preocupado com a consolidação dos avanços sociais e com a estabilidade das instituições e das leis que regem este país;

Que é importante se portar, neste sentido, sem receios, como um contraponto claro aos movimentos golpistas que, desassociados dos princípios básicos do Estado Democrático de Direito e estimulados por desejos meramente pessoais ou de grupos, estão completamente distantes doreal interesse em recolocar o Brasil no caminho da estabilidade econômica e social;

Que a cidade de João Pessoa, capital de todos os paraibanos, desfrutou de avanços importantes a partir de 2005, quando da chegada do PSB com o companheiro Ricardo Coutinho à prefeitura, marcando o início de uma nova era pela qual se garantiu o real empoderamento da sociedade nas decisões administrativas, a adoção de instrumentos de transparência, a distinção nítida entre o público e o privado e, especialmente, a coragem para se tomar decisões cujo efeito beneficiasse diretamente toda a população;

Que tudo isso, aliado a uma visão desenvolvimentista e futurista da cidade, transformou João Pessoa em todas as áreas, cujos símbolos maiores estão devidamente registrados em obras como a Estação Ciência, Cultura e Artes Cabo Branco, Ortotrauma de Mangabeira, Conjunto Habitacional Gervásio Maia, Terminal de Integração, Duplicação da Avenida Pedro II, além de dezenas e dezenas de outras obras de mobilidade urbana e ainda novas escolas, PSF´s, creches, praças e ruas calçadas, e que continua transformando-a com intervenções do porte do Centro de Convenções, da Vila Olímpica, Viaduto Eduardo Campos no Geisel e do Trevo das Mangabeiras;

Que a postura da atual gestão municipal em João Pessoatem representado uma verdadeira ameaça aos avanços conquistados pelo modelo de administração do PSB, enterrando todos os instrumentos de participação popular, enfraquecendo as políticas públicas e, principalmente, diminuindo a cidade a uma perspectiva de acanhamento, maquiada de forma enganosa e nociva para o seu desenvolvimento;

Resolve:

1 – Conclamar os partidos políticos que compartilham da mesma vontade em ver João Pessoa voltar a crescer para formação de uma grande frente de mobilização em nome da construção dos novos rumos para nossa capital;

2 – Construir com a população de João Pessoa, incluindo sociedade civil organizada, segmentos populares, entidades de classe, associações, uma ampla discussão sobre os problemas, os desafios e, principalmente, os caminhos de reconquista do modelo de desenvolvimento que se encaixa nas atuais necessidades da capital e de seu povo, convidando-a para participar regularmente das plenárias a serem realizadas nos bairros e regiões desta cidade, com base em calendário a ser divulgado;

3 – Afirmar a crença de que o companheiro João Azevêdo Lins Filho, engenheiro, professor, atual Secretário Estadual da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia, responsável, ao lado do governador Ricardo Coutinho, por uma década de construção e transformação em João Pessoa e na Paraíba, reúne todas as credenciais e está preparado para representar, planejar e conduzir, apoiado por uma grande frente popular, um projeto de gestão que devolva a nossa capital aquilo de que ela já não mais desfruta: a capacidade real de possuir um modelo gestão que a impulsione efetivamente para o futuro, consolidando políticas públicas básicas, retomando instrumentos de participação popular, solucionando problemas de mobilidade urbana e, especialmente, dotando-a de equipamentos que façam da capital paraibana novamente referência de qualidade de vida no Brasil. E que, portanto, dentro dos prazos legais previstos e com base na amadurecida unidade partidária, será oficializado como o nome do PSB que devolverá ao pessoense, em sua plenitude, a esperança de ver João Pessoa voltar a pensar grande.

RONALDO BARBOSA FERREIRA

PRESIDENTE

Comentários