20/10/2015 às 08h40
PROPOSITURA

CMJP homenageia o pediatra Fernando Paredes Cunha Lima

O poeta, professor, médico e diretor da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de João Pessoa (Apae-JP), Fernando Paredes Cunha Lima recebeu a Comenda Poeta Ronaldo Cunha Lima na tarde desta segunda-feira (19). A sessão solene realizada no plenário da Câmara Municipal de João Pessoa foi uma propositura do vereador Bruno Farias (PPS).

Além do propositor e do homenageado, compuseram a mesa da solenidade, o vereador Marmuthe, que secretariou os trabalhos; o presidente da Fundação Casa José Américo e da Academia Paraibana de Letras (APL), Damião Ramos Cavalcanti; o presidente da Academia Paraibana de Letras Jurídicas (APLJ), Ricardo Bezerra; e representando o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), o jornalista Laércio Cirne. A solenidade também foi prestigiada por familiares e amigos do agraciado.

O propositor da homenagem fez um discurso inteiramente em verso, enaltecendo as qualidades do homenageado, destacando sua relação com a poesia. “Nesta grande ocasião/farei uma saudação/De maneira diferente./Meu discurso, comumente,/Em prosa se arquiteta. /Mas por ser, também, poeta,/O nosso homenageado,/Em versos, deixo o recado/Que dess’alma se projeta./ Quem batiza essa Comenda,/Também foi grande Poeta/E foi primo desse esteta,/Que, de maneira estupenda,/ Já virou uma legenda,/Referência de quem prima/Por um poeta que esgrima/As palavras com cuidado./Por isso, já é chamado/De Pediatra da Rima”, iniciou Bruno, que continuou a rimar a trajetória de vida do homenageado.

O parlamentar afirmou que Fernando Cunha Lima é um excelente pai de família, dedicado e amoroso, além de profissional polivalente: poeta, professor e médico. Ele ainda lembrou que o homenageado nasceu na Capital e foi morar em Campina Grande onde estudou e “esquadrinhou a vida na medicina”, que verteu para pediatria na Capital; estudou no Canadá e na Espanha; publicou seis livros de poesia e dirige a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de João Pessoa (Apae-JP), instituição de atendimento e inclusão da pessoa com deficiência.

“Ético, honesto, decente /É médico e professor/E se revelou gestor,/Quando você ‘teve’ à frente,/De todos os residentes/Em sua Associação./Fez, também, grande gestão/No INSS,/E, hoje, se reconhece/Seu valor e seu padrão. Mas, agora, me despeço,/Vivendo a satisfação/De ter, nessa ocasião,/Entregue, em nome do verso,/A um homem de sucesso,/Comenda de grande estima./E que Deus Pai, lá de cima,/Nesse verso que sai d’alma,/Me inspire a pedir palmas/Pra Fernando Cunha Lima”, finalizou o vereador poeta.

O vereador Marmuthe relembrou situações vividas com Fernando Cunha Lima e confidenciou que a ele confia a saúde do seu primogênito. “Estou aqui, não à toa, porque nós temos uma boa ligação. Além de ele ser o pediatra do meu primeiro filho”, comentou. Já Damião Ramos Cavalcanti exaltou a forma com que o homenageado permeia a poesia em sua vida e falou que a Comenda Poeta Ronaldo Cunha Lima agraciada está em boas mãos. Uma das netas do homenageado, Maria Fernanda, em nome de todos os netos, parabenizou o avó e falou do orgulho que todos sentem por tê-lo como exemplo.

Fernando Cunha Lima destacou que a emoção lhe embargava a voz e que a alegria por receber tão distinto prêmio lhe remetia as lembranças do seu ilustre parente que paraninfa a honraria recebida.

“Estou muito feliz neste momento. Minha face enrugada se mostra renovada pela distinção apresentada, que leva o nome do meu eterno guru, meu primo irmão Ronaldo Cunha Lima. Com quem tive a honra de conviver e sua saudade ainda mora comigo. Muito obrigado a toda minha família por todos os momentos vividos e compartilhados. Agradeço também ao vereador Bruno Farias que tem produção legislativa volumosa e diversificada, que tem a poesia na vida e com quem eu poderia dividir esta Comenda que de mãos aberta me entrega”, discursou o homenageado.

Comentários