19/10/2015 às 11h57
DENÚNCIAS

Comissão de Saúde da Câmara Federal fiscaliza USFs e Trauminha

A Comissão de Saúde da Câmara Federal chega a João Pessoa nesta segunda-feira (19) para verificar as denúncias apresentadas pelo deputado federal paraibano Wilson Filho (PTB), sobre a precariedade no sistema de saúde pública da Capital. Entre os fatos denunciados, estão à falta de médicos em 42,86% das Unidades de Saúde da Família (USFs) e os problemas no atendimento e na estrutura no Hospital Ortotrauma de Mangabeira (Trauminha), onde foi denunciando em rede nacional de TV um esgoto escorrendo dentro de uma das salas de cirurgia.

A visita dos parlamentares federais acontecerá em dois momentos. Pela manhã, visitarão locais de atendimento público como PSFs, UPAs e hospitais. A partir das 14h, no auditório do Ministério Público na Capital, acontecerá uma audiência pública para se discutir a situação da saúde na cidade de João Pessoa.

A atividade vem sendo articulada pela Frente pelo Desenvolvimento de João Pessoa. Devem participar das discussões, além de deputados e vereadores da Capital, entidades como o Conselho Regional de Medicina (CRM), Conselho Municipal de Saúde (CMS), Ministério Público Estadual (MPPB), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PB), sindicatos, faculdades e a população pessoense.

“Faremos um amplo debate sobre a situação pela qual passa a saúde da Capital. Todos estão convidados para participar. Temos a responsabilidade de buscar soluções para melhorar a saúde em João Pessoa. Queremos sair dessa audiência não apenas apontado os problemas, mas sugerindo soluções para melhorar o serviço que é prestado à população”, destacou o deputado.

Denúncias

Wilson Filho apresentou à Comissão de Saúde m relatório elaborado por vereadores de João Pessoa, com detalhamento da situação das USFs. O material aponta, além da falta de médicos nas unidades, que em 50% delas não tinham medicamentos e em 16% não tinha sequer material para realização de procedimentos médicos. “Nem aquilo que é mais básico a população tem acesso”, lamentou.

Outro ponto abordado pelo parlamentar paraibano foi a superlotação no Trauminha de Mangabeira, onde a população sofre pelos corredores. “Pudemos ver em rede nacional matéria mostrando uma das funcionárias do hospital afirmando que muitos pacientes ficam em macas pelos corredores aguardando atendimento por semanas”, lembrou.

Adiamento

A Comissão de Saúde da Câmara Federal viria a João Pessoa no dia 4 de setembro. A reunião, no entanto, foi adiada em decorrência da vinda da presidente Dilma Rousseff (PT) à Paraíba. Parte da bancada federal, deputados estaduais, vereadores e outras autoridades que estariam na audiência acompanhariam a agenda presidencial. “Para evitar choques de agendas, a audiência foi remarcada”, explicou Wilson Filho.

Comentários