Pedro Cunha Lima vai presidir Comissão de Educação e questiona pauta de Bolsonaro: “problema não é ideologia”

0
123

O deputado federal paraibano Pedro Cunha Lima (PSDB) vai comandar a Comissão de Educação, na Câmara Federal. Ela é uma das mais disputadas na Casa Legislativa e a indicação foi confirmada pelo deputado paulista Carlos Sampaio (PSDB), líder do partido na Câmara.

A Comissão da Educação é o local por onde passam o projeto Escola Sem Partido e a pauta sobre educação domiciliar, defendidos pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Pedro Cunha Lima já manifestou opinião um tanto contrária às declarações do governante, que reclama do “viés ideológico” presente em diversos aspectos no país. O parlamentar paraibano declarou, em entrevista ao UOL, “que a solução da educação no Brasil seja ideológica. Não acho que nosso problema seja ideologia, mas sim uma falta de investimento no professor, de rede de financiamento para creche, para educação básica.”

O PSDB teve forte participação no impeachment da então presidente Dilma Rousseff (PT) e com alguns apoios declarados publicamente à eleição de Jair Bolsonaro.

Pedro Cunha Lima, porém, discorda em parte do presidente e considera que o Escola Sem Partido é uma “cortina de fumaça”, segundo apontou o UOL. Ele defende a valorização do professor, combate ao abandono da escola por parte dos alunos e financiamento da educação infantil.

Comentários