Carro de acidente que matou vereador de Sapé estava a mais de 181 km/h, conclui perícia

0
139

O laudo do acidente que matou o vereador Johni Rocha do município de Sapé constatou excesso de velocidade do veículo do político no dia da colisão com um caminhão na BR-230. Segundo o Instituto de Polícia Científica (IPC), o carro do presidente da Câmara Municipal da cidade do Brejo paraibano estava a mais de 181 km/h.

O acidente ocorreu no dia 21 de setembro no km 46, da rodovia que liga Campina Grande a João Pessoa. De acordo com o laudo do IPC, foram constatadas infrações dos dois condutores envolvidos no acidente. “O acidente aconteceu por conta dos dois motoristas. Inicialmente identificamos que o condutor do caminhão ultrapassou em uma faixa incorreta, não obedecendo a determinação do desvio da faixa de aceleração, depois descobrimos a velocidade excessiva do carro do político, que estava a a mais de 181 km/h, isso foi determinante para a gravidade da colisão”, disse o perito Robson Félix.

John Mickeul Bahia da Rocha, de 38 anos, era corretor de imóveis e empresário, exerceu as funções públicas de secretário executivo de Administração e Promoção Social no município de Sapé, na gestão compreendida entre os anos de 2008/2012. Atualmente era membro do Diretório Municipal do PSDB no município, vereador e presidente da Câmara Municipal de Sapé (Casa Augusto dos Anjos). Deixa mulher e um filho.

Com T5

Comentários