Paraíba está fora da lista dos estados que terminarão o ano no ‘vermelho’

0
22

O Estadão publicou um levantamento realizado em que os governadores de 11 estados podem deixar o mandato com despesas em aberto. Apesar de até hoje ninguém ter sido responsabilizado por formalmente, por terminar mandatos de governo e deixar o Estado em vermelho, a prática é vedada pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e criminalizada no Código Penal.

De acordo com a LRF os governadores precisam pagar todas as despesas realizadas durante seu mandato, ou deixar caixa para que seu sucessor possa quitar suas parcelas.

A reportagem realizou consulta a técnicos do Tesouro Nacional para que fosse comparado com os dados fornecidos pelos Estados ao Ministério da Fazenda. Com isso, foi estimado o volume das despesas deste ano que ficará para o próximo governador.

Ainda de acordo com a reportagem os sucessores dos governos de Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Sergipe, entrarão seus mandatos com o caixa em vermelho. Já a Paraíba apresenta saldo positivo em caixa.

Confira a situação dos caixas dos Estados

Levantamento do Estadão

Comentários