Sessão da Câmara tem confusão e empurra-empurra entre vereador e guardas municipais

0
40

Os guardas civis municipais de João Pessoa ocuparam as galerias da Câmara Municipal de João Pessoa na manhã desta quarta-feira (14) como forma de protesto à demora na votação de um projeto que beneficia a categoria. A sessão acabou sendo suspensa e provocou ainda mais revolta entre os guardas municipais.

O presidente do sindicato dos Guardas Municipais da Paraíba (SINDGM-PB), José Luiz Silva de Arruda, lamentou a situação e fez um alerta. “A guarda está aqui para decidirmos na próxima semana. Se não for votado esse projeto e outras reivindicações que nós temos aqui, nós vamos parar a Guarda Municipal”, ressaltou José Luiz depois que a sessão foi suspensa.

De acordo com o presidente do sindicato, a categoria já está a duas semanas cobrando a aprovação da matéria na Câmara de João Pessoa. “Eu acho uma falta de respeito, os guardas não merecem isso. A guarda municipal vem fazendo um papel maravilhoso, um trabalho perfeito. A gestão do prefeito tem que também fazer a parte dela”, defendeu José Luiz da Silva Arruda.

O Projeto de Lei de autoria do vereador Milanez Neto delimita vários assuntos de interesse da categoria, inclusive a própria aposentadoria dos Guardas Civis Municipais. Segundo a ementa, o projeto institui a gratuidade aos Guardas Municipais do ingresso em cinemas, espetáculos musicais e circenses, eventos esportivos e de lazer e entretenimento em João Pessoa mediante apresentação da carteira de identidade funcional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor preencha seu nome