Desembargador Márcio Murilo é eleito novo presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba

0
22

Os desembargadores que compõem o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) escolheram Márcio Murilo como presidente do próximo biênio, de 2019 a 2020. A sessão em que houve a votação aconteceu na manhã desta quarta-feira (14).

Márcio Murilo recebeu 14 votos de seus pares. No total, os 19 desembargadores que compõem o Tribunal de Justiça da Paraíba podem votar na eleição da Mesa Diretora.

Para vice-presidente do Tribunal de Justiça, foi eleito o desembargador Arnóbio Alves Teodósio com 11 votos. Para a Corregedoria-Geral, foi escolhido o desembargador Romero Marcelo da Fonseca, que conquistou dez votos.

Os desembargadores Márcio Murilo da Cunha Ramos, Saulo Henriques de Sá e Benevides, Arnóbio Alves Teodósio, João Benedito da Silva, João Alves da Silva, Frederico Martinho da Nóbrega Coutinho, Maria das Graças Morais Guedes, Leandro dos Santos, Oswaldo Trigueiro do Valle Filho e Ricardo Vital de Almeida se inscreveram para o cargo de presidente da Corte de Justiça.

A vice-presidência do Tribunal foi pleiteada pelos desembargadores Saulo Henriques de Sá e Benevides, Arnóbio Alves Teodósio, João Alves da Silva, Frederico Martinho da Nóbrega Coutinho, Maria das Graças Morais Guedes, Leandro dos Santos, José Aurélio da Cruz, Oswaldo Trigueiro do Valle Filho e Ricardo Vital de Almeida.

Para a Corregedoria-Geral de Justiça, se inscreveram os desembargadores Saulo Henriques de Sá e Benevides, Romero Marcelo da Fonseca Oliveira, João Alves da Silva, Frederico Martinho da Nóbrega Coutinho, Maria das Graças Morais Guedes, Leandro dos Santos, Oswaldo Trigueiro do Valle Filho e Ricardo Vital de Almeida.

O desembargador Marcos Cavalcanti pleiteou o cargo de diretor da Escola Superior da Magistratura (Esma) e os desembargadores José Aurélio da Cruz, Arnóbio Alves Teodósio e Marcos Cavalcanti estão inscritos para o cargo de ourvidor-geral de Justiça.

Comentários