Vigilantes são suspeitos de dar apoio a quadrilha que roubou cerca de R$ 500 mil reais em joias

0
106

As Polícias Civil e Militar da Paraíba deflagraram a Operação Ouro Fino que resultou na prisão de um grupo criminoso que agia contra estabelecimentos comerciais do Sertão do estado. De acordo com as investigações, em dois furtos a joalherias na cidade de Catolé do Rocha foram levados cerca de R$ 500 mil reais em joias. Eles foram presos na própria cidade e em seguida encaminhados para a delegacia local.

Nesta quinta-feira (13), foram detidos cinco integrantes de uma empresa de segurança privada. “Os integrantes da segurança privada, que eram pagos pra vigiar as lojas, integravam uma quadrilha e nos arrombamentos a noite cuidavam da vigilância de seus comparsas. Ao invés de vigiarem os bens das empresas que os contrataram, eles se aliaram aos bandidos”, disse o delegado Sylvio Rabello, delegado da Seccional do município.

Imagens de câmeras de segurança auxiliaram nas investigações. “Nas imagens existe uma clareza muito grande de que eles estão envolvidos. Os cinco são, inclusive, da mesma empresa privada, que está instalada na cidade há muito tempo”, explicou.

A polícia acredita que eles planejavam realizar mais um furto em outra joalheria de Catolé do Rocha.

T5

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor preencha seu nome