Governo autoriza reforma do Museu da Cidade e construção da nova sede do Procon estadual

0
15

O Governo do Estado autorizou, na manhã desta segunda-feira (10), a reforma do Museu da Cidade e a construção de um prédio anexo destinado ao Procon-PB, com investimentos na ordem de R$ 3,3 milhões. A casa é considerada um bem de valor histórico e arquitetônico para o município de João Pessoa e será totalmente recuperada em cerca de oito meses de obras. O governador Ricardo Coutinho, auxiliares do Governo e outras autoridades participaram da solenidade, realizada na Casa do Artista Popular, em João Pessoa.

Na oportunidade, o governador ressaltou que o prédio histórico tem uma importância simbólica para a preservação da memória da cidade. “É uma casa tombada, um prédio histórico, onde inclusive João Pessoa morou. É uma obra fundamental para a memória e história da cidade. Não é um museu de uma personalidade e sim da cidade, contando a trajetória da capital, tendo um acervo histórico importante que precisa ser preservado”, observou. “Ao mesmo tempo vamos fazer a nova sede do Procon-PB, oferecendo melhores condições de trabalho e prestação de serviço ao consumidor”, acrescentou Ricardo Coutinho.

O Museu passará por serviços em diversas dependências, a exemplo da recepção, secretaria da ouvidoria, sala de exposição, terraço, cantina e banheiros. Serão recuperados o piso em ladrilho e mosaico, piso e rodapé em madeira, telhado, gradil, forro, escadas, paredes internas e externas, entre outros.

“Esta casa é uma referência pelo estilo característico que ela representa e que será devolvida, em breve, à população. O local está desativado faz bastante tempo e estava precisando dessa recuperação por toda a simbologia que ele possui. O paraibano terá um patrimônio recuperado e um museu com um grande acervo para ser visitado”, frisou a diretora do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (Iphaep), Cassandra Figueiredo.

Já o prédio destinado ao Procon-PB terá auditório com capacidade para 97 pessoas, sala de auditoria, fiscalização, cartório de dívida ativa, gerência, triagem, sala de mediação, banheiros, elevador, procuradoria jurídica, sala de reunião, gabinete da superintendência, sala da tecnologia da informação, arquivo e outros ambientes.

A superintendente do Procon-PB, Késsia Liliana, comentou que, ao longo de três anos, o Procon realizou mais de 60 mil atendimentos e mais de 27 mil audiências, com alto índice de resolutividade. “Esta é uma obra muito importante para o trabalho da autarquia e sua autorização acontece, justamente, na semana em que é comemorado o aniversário do Código de Defesa do Consumidor. Todo o Museu será restaurado e o Procon terá um prédio anexo que servirá como sede. Em aproximadamente oito meses, este espaço deverá ser concluído e com isso o Procon terá um ambiente adequado, de fácil acesso aos consumidores e em um lugar central na cidade”, pontuou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor preencha seu nome