Prefeitura de JP fecha escola, creches e unidades de saúde após fuga de presos do PB1

0
220

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) suspendeu nesta segunda-feira (10) o funcionamento de uma escola, duas creches e seis unidades de saúde da família na área próxima ao Presídio de Segurança Máxima PB1, onde ocorreu a fuga de 105 presos após um ataque à unidade prisional. A prefeitura alega o “o clima de insegurança” gerado pelo ocorrido.

A Escola Municipal Afonso Pereira, em Cidade Verde e as creches Márcia Suênia e Maestro Pedro Santo não funcionarão nesta segunda-feira (10). As Unidades de Saúde da Família (USF) Cidade Verde, Nova Aliança, Quatro Estações, Rosa de Fátima, Verdes Mares e Paratibe II também estarão fechadas hoje por motivo de “precaução  e para garantir a segurança de usuários e dos profissionais de saúde”, afirmou a prefeitura, em nota.

De acordo com a prefeitura, todos os serviços retomarão as atividades normalmente a partir desta terça-feira.

A PMJP informou que os equipamentos públicos que estão abertos, como USFs, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Centro Administrativo Municipal estão com a segurança reforçada pela Guarda Municipal.

Equipamentos com serviços interrompidos nesta segunda-feira:     

Escola Municipal Afonso Pereira – Rua da Sucupira, s/n – Cidade Verde II;
Creche Maestro Pedro Santo  – Rua da Sucupira, s/n – Cidade Verde II;
Creche Márcia Suênia – Rua Martinho Faustino da Costa – Cidade Verde II;
USF Cidade Verde Integrada – Rua Leopoldo Pereira de Lima, s/n – Mangabeira VII;
USF Nova Aliança Integrada – Rua Neli Pessoa de Melo, s/n – Mangabeira;
USF Quatro Estações Integrada – Rua Jurema Teotonio da Silva – s/n – Mangabeira;
USF Rosa de Fátima Integrada – Rua Oscar Lopes Machado, s/n – Paratibe;
USF Verdes Mares Integrada – Rua Eustaquio da Fonseca, s/n – Mngabeira VIII;
USF Paratibe II – Rua Maria Doraci Moreira, s/n – Paratibe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor preencha seu nome