Jovem é preso na Paraíba e confessa que matou vereador com 50 facadas durante encontro sexual

0
2639

Um jovem de 18 anos foi preso, na noite desse sábado (8), em Pombal, Sertão paraibano, após matar a facadas o vereador Silvânio Barbosa (MDB), do município de Maceió, Alagoas. O crime aconteceu pela manhã, no apartamento onde o parlamentar morava, no bairro Benedito Bentes, parte alta da capital alagoana. Após o crime, o suspeito fugiu com o carro da vítima para o sertão da Paraíba. Ele foi preso após a Polícia Militar notá-lo em atitude suspeita, abordá-lo e descobrir que era o veículo era de uma pessoa que havia sido assassinada horas antes.

Segundo o comandante da Companhia de Polícia Militar em Pombal, tenente Sávio Cascudo, responsável pela prisão, o suspeito demonstrou frieza ao confessar o crime. O jovem relatou que o crime aconteceu durante o que seria um encontro sexual. Natural de Pombal, o suspeito trabalha com o comércio de cadeiras. Ele conheceu o vereador em uma viagem a trabalho. Desta vez, ele teria voltado à capital alagoana a convite do parlamentar.

“Na primeira vez, ele viu que o vereador tinha muito dinheiro e percebeu condições vulneráveis ao crime. Então, para o segundo encontro, o suspeito já foi com tudo premeditado, levando inclusive a faca peixeira que foi usada no assassinato”, contou o tenente Sávio Cascudo, com base em confissão feita pelo jovem.

Ainda conforme o policial, um vizinho ouviu barulhos e foi ao apartamento de Silvânio Barbosa para saber se estava tudo bem. Mesmo ferido, o vereador deu resposta positiva, sob ameaças do suspeito. O jovem preso também relatou que, depois de sofrer alguns ferimentos, o vereador implorou para que o jovem o deixasse vivo.

“O suspeito diz que a vítima ofereceu R$ 10 mil em troca da vida. O vereador chegou a passar a senha de seu celular, para que o suspeito pudesse acionar o Samu. Depois de receber o dinheiro e a senha do aparelho, o suspeito desferiu mais golpes e a vítima foi a óbito. O suspeito estima que foram ao menos 50 facadas no total. E ele conta isso com muita frieza”, completa o tenente Sávio Cascudo.

Após o assassinato, o suspeito fugiu para Pombal levando dinheiro, celulares, relógios e o carro da vítima. Todo esse material foi apreendido pela Polícia Militar. A arma do crime, segundo o suspeito, foi descartada ainda em Alagoas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor preencha seu nome