Irmão de suplente de vereador morto na PB passa mal em ataque a assassino do parente; veja vídeo

0
1555

Apresentado como assassino do suplente de vereador de Campina Grande Wellisson Anderson Pereira França, conhecido como Anderson Maravilha, o suspeito Everton Rodrigues quase apanhou do irmão da vítima na saída da Central de Polícia na manhã desta sexta-feira (17). Wellington Pereira acabou encaminhado para o Hospital de Trauma Dom Luiz Gonzaga de Campina Grande após sentir fortes dores no peito. O estado de saúde dele não foi divulgado, pois ele ainda passaria por procedimentos de avaliação durante a tarde.

A prisão de Everton Rodrigues foi um dos passos mais importantes nas investigações do caso do homicídio de Anderson Maravilha. A delegada responsável pelo caso, Ellen Maria, afirma que contra o envolvido já havia um mandado de prisão expedido e que ele estava planejando mais uma fuga.

De acordo com a delegada, os motivos que teriam levado ao crime foram a fúria do suspeito, pois o alvo do crime seria uma pessoa que estava junto ao suplente de vereador. Como essa pessoa conseguiu fugir, Anderson foi baleado. A polícia tem 30 dias para o fechamento de inquérito. As investigações estão sendo feitas desde o dia 10 de abril, data em que ocorreu o homicídio.

Segundo com a esposa de Wellington, que preferiu não se identificar, ele chegou desacordado no hospital após tentar agredir o assassino do irmão. Ainda em entrevista, ela afirmou que as causas que motivaram o crime não são aceitas pela família, pois não há relação entre Anderson e a pessoa que seria o alvo do suspeito.

Com OP9

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor preencha seu nome