Suspeitos de assassinar suplente de vereador de Campina Grande são presos

0
66

Os suspeitos de assassinar o suplente de vereador em Campina Grande, Anderson Maravilha, em abril de 2018, foram presos durante operação deflagrada na manhã desta sexta-feira (17). Eles foram conduzidos para a Central de Polícia Civil na cidade.

A operação foi deflagrada no bairro Santa Rosa. Além do assassinato do suplente de vereador, os dois suspeitos presos também são acusados de terem matado a jovem Sarah Hewellyn no ano de 2014. Os dois crimes aconteceram no bairro onde os suspeitos foram presos.

Segundo informações da Polícia Civil, os dois suspeitos estavam sendo procurados há quatro meses, até então sem sucesso em sua captura. Um dos presos é natural da Paraíba e o outro do Rio Grande do Norte.

Anderson Maravilha

Anderson Ferreira França, mais conhecido como Anderson Maravilhosa, era suplente de vereador e foi assassinado a tiros após abordagem quando chegava à sua casa, no bairro Santa Rosa.

Segundo a Polícia Militar, Anderson chegava em casa por volta das 22h quando foi surpreendido por um homem em um carro preto, que já chegou atirando contra ele. A vítima ainda tentou correr, mas caiu baleado e morreu ainda no local.

Sarah Hewellyn

A jovem Sarah Hewellyn, de 18 anos, foi assassinada a tiros em 12 de outubro de 2014 quando estava em um carro indo a uma festa de aniversário. Um carro se aproximou do veículo em que ela estava e uma pessoa efetuou três disparos contra a vítima.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor preencha seu nome