Bandidos que explodiram carro forte não conseguiram roubar dinheiro do veículo

0
58

O capitão Bruno, comandante do Batalhão de Choque da Polícia Militar da Paraíba, disse que os bandidos paraibanos não conseguiram roubar nenhum valor em dinheiro do carro forte explodido em Lucena, na manhã dessa segunda-feira (6). As polícias Civil e Militar informaram que os criminosos tinham 2.500 munições.

Durante a tarde de ontem, uma operação foi deflagrada para prender a quadrilha que atacou a tiros e com explosivos um carro forte no km 53 da BR-230, em Lucena, e deixou dois vigilantes feridos. Um dos seguranças, de 25 anos, recebeu alta hospitalar às 13h05 de ontem e o outro, de 27 anos, ainda continuava internado em estado regular, segundo boletim médico do Hospital de Trauma da Capital divulgado às 11h de hoje.

A tarde foi de negociações enquanto os quatro homens estavam trancados em uma casa, após serem rastreados por causa do carro roubado usado na fuga. No fim da tarde, eles se entregaram após exigir a presença da imprensa, de advogados e da esposa de um deles.

Eles apreenderam bananas de dinamites e diversas munições e armas, incluindo duas de alto poder de destruição. Segundo a polícia, o único dinheiro que o grupo conseguiu roubar foi de um motorista abordado na estrada, do qual eles tomaram o carro no qual fugiram e se esconderam em uma casa no município do ataque.

Os quatro presos responderão por crimes como tentativa de homicídio, já que um policial foi baleado durante troca de tiros, porte ilegal de arma de fogo, inclusive as de uso restrito, além das tipificações pela clonagem de um veículo e pelo ataque ao carro forte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor preencha seu nome