Pela segunda vez, peixe-boi é atropelado por embarcação na Paraíba

0
20

Pesquisadores do Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho encontraram um animal da espécie com ferimentos provocados por um atropelamento. Conhecido como “Puã”, ele foi localizado no mar da cidade de Cabedelo, na região metropolitana de João Pessoa com lesões profundas, e, segundo os técnicos, intercaladas. Os ferimentos são tipicamente ocasionadas por colisão com casco e a hélice de embarcações.

Após ser recolhido no último domingo (1º), a equipe do Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho iniciou o tratamento das feridas do animal.

Puã está sendo medicado com pomadas para acelerar a cicatrização dos ferimentos e está sendo frequentemente monitorado. Os ferimentos foram muito sérios. Esta já é a segunda vez que acontece este tipo de ocorrência com o animal. Levando em consideração o aumento da frequência de atropelamentos e a gravidade destes eventos, se não houver a colaboração dos condutores de embarcações, em breve infelizmente poderemos identificar o óbito de algum destes animais”, disse o pesquisador e veterinário João Carlos Gomes Borges.

Não há previsão de quando Puã deve retornar à rotina normal.

Orientações para os barqueiros

– Antes de acionar o motor, olhe ao redor e verifique se tem peixe-boi marinho próximo. A hélice em movimento pode machucar e matar o animal. Só ligue o motor se tiver certeza que o animal não está por perto;

– Se estiver navegando e avistar o animal nas proximidades, reduza a velocidade ou desligue o motor para evitar colisões e atropelamentos;

– Ao encontrar um peixe-boi marinho, não toque e nem alimente. Isso prejudica a adaptação do animal à vida selvagem e traz sérios problemas a sua saúde; – Peixes-boi marinhos reintroduzidos estão sendo monitorados via satélite no litoral nordestino.

– Ao encontrar um peixe-boi com um equipamento (semelhante a uma garrafa com uma antena) ou apenas o equipamento, entre em contato com a Fundação Mamíferos Aquáticos pelos telefones: (83) 99961-1338/ (83) 99961-1352/ (79) 3025-1427.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor preencha seu nome