Câmara de Cabedelo decide afastar prefeito Leto Viana e seu vice

0
55

A Câmara Municipal de Cabedelo decidiu afastar o prefeito Leto Viana e o vice, Flávio de Oliveira. A medida foi tomada durante sessão na noite desta quinta-feira (7). Dos 15 vereadores, 12 estavam presentes e votaram favoráveis.

A petição havia sido feita pelo presidente do Psol da cidade, Marcos Patrício. O texto determinava a suspensão das funções daqueles denunciados que estão enfrentando processo de cassação na Câmara.

“O procedimento agora é a abertura do processo de impeachment. Eles serão notificados para apresentarem suas defesas, a comissão analisará a defesa e fará um relatório. Esse relatório voltará ao plenário que pode aceitar ou não. Ou seja, se o relatório for pela cassação e o plenário aprovar eles estão definitivamente cassados. Se o plenário negar, eles continuam como gestores até que a justiça libere”, explicou Marcos Patrício ao Portal T5.

Mesmo com o afastamento, a cidade enfrenta outro problema, segundo o representante do PSOL. “Estão afastado, mas infelizmente continuam recebendo salários normalmente. Cabedelo ainda continua com dois presidentes de câmara, dois prefeitos e 25 vereadores. E nós pagando essa conta.

Leto Viana está detido desde o dia 3 de abril quando foi deflagrada a Operação Xeque-Mate, através da Polícia Federal e o Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público da Paraíba. Na época, foram cumpridos 11 mandados de prisão preventivas, 15 sequestros de imóveis e 36 de busca e apreensão expedidos pelo Tribunal de Justiça da Paraíba.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor preencha seu nome