Falta combustível em 40% dos postos de João Pessoa, diz Sindipetro-PB

0
59

Cerca de 40% dos postos da região metropolitana da Capital já não têm combustíveis nas bombas e a tendência é de desabastecimento geral até esta quarta-feira (23), caso perdure a greve dos caminhoneiros que estão de braços cruzados em razão dos sucessivos aumentos praticados pela Petrobras. O Tá na Área fez um levantamento junto ao Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo (Sindipetro-PB) e verificou que muitos estabelecimentos esgotaram seus estoques de gasolina e diesel desde as primeiras horas da manhã.

O presidente do sindicato, Omar Hamad Filho, em contato com a redação, informou que a situação é muito delicada e que já compromete o abastecimento dos postos não só da Capital, mas do interior também.

Omar Hamad Filho voltou a denunciar que os empresários do comércio varejista estão com a mão na cabeça e não sabem mais o que fazer para conter os aumentos sucessivos de preços da gasolina e do diesel, puxados pela alta do dólar e a excessiva carga tributária, responsável por quase 50% do preço de cada litro desses combustíveis. Ele renovou o apelo para que a sociedade cobre a imediata redução dos impostos sobre os combustíveis. “Para ser ter uma idéia, as distribuidoras já estão vendendo aos postos a gasolina e o diesel a quase R$ 4 e R$ 3,60, respectivamente. A situação é tão dramática que um empresário do setor, que adquiria 5 mil litros de gasolina por R$ 14 mil meses atrás, hoje, infelizmente, está pagando R$ 21 mil pela mesma quantidade”, reclamou.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor preencha seu nome