Caminhoneiros realizam protestos e Paraíba pode ficar sem combustíveis

0
472

Caminhoneiros realizam protestos na manhã desta segunda-feira (21), no município de Cabedelo, na Grande João Pessoa, no Agreste, Cariri e Sertão do estado. Além de Cabedelo, as manifestações acontecem nas cidades de Campina Grande, Soledade e Marizópolis.

De acordo com o Sindicato  dos  Transportadores  Autônomos  de Cargas no  Estado  da  Paraíba (SINDITAC/PB) a manifestação acontece por conta dos reajustes no preço dos combustíveis, anunciados pela Petrobras na última semana.

Em Cabedelo os manifestantes impediram o transporte de combustíveis no porto, de onde, segundo o Sinditac, saem cerca de 5 milhões de litros por dia; quantidade que serve para abastecer os 223 municípios paraibanos.

A expectativa do sindicato é que em 48h falte combustíveis em postos paraibanos.

Decisão

Nesse domingo (20), uma liminar concedida pela Justiça Federal na Paraíba, proibiu que manifestantes ocupem ou dificultem a passagem de veículos em rodovias federais no estado, sob pena de multa de R$ 200 mil ao SINDITAC.

A decisão judicial foi tomada em resposta a uma ação de interdito proibitório movida pela Advocacia Geral da União (AGU), que, por sua vez, foi acionada pela Superintendência da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba.

Com T5

Comentários